InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 GRANGER, Dawn

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dawn Granger

avatar

Columba

Feminino Touro Macaco
Idade : 25
Player : Mah
Mensagens : 234

MensagemAssunto: GRANGER, Dawn   24/10/2015, 02:25

Player: Mah

Nome completo: Dawn Marie Granger
Alcunha: Columba
Data de Nascimento: 03 de Maio de 1992
Local de Nascimento: New Haven, Connecticut - EUA - Terra

Idiomas: Línguas que o personagem fala e como as aprendeu
Sexualidade: Heterossexual
Relacionamento: Solteira

Super-poder:

  • Transformação: quando na presença de perigo, tanto para si quanto para outros, Dawn Granger pode falar Columba e se transformar no Avatar da Paz. Ela não precisa estar ciente do perigo, ou seja, ela pode se transformar se dizer a palavra enquanto, sem saber, está em perigo. No entanto, a transformação requer perigo real, então, se Dawn diz "Columba" sem perigo próximo, ela não se transforma.
    A transformação desaparece pouco tempo depois que qualquer perigo passou, a menos que Columba esteja gravemente ferida, então ela permanecerá como Columba até que as lesões tenham sido curadas. Em mundos mágicos, Dawn pode permanecer como o Avatar da Paz por longos períodos, independente do perigo estar presente ou não, mas isso não acontece na Terra.
    A transformação muda Dawn e ela ganha características de ave, que estão escondidos sob seu traje. Seu traje não pode ser tirado, mas se recebe dano suficiente, pode revelar parte da sua verdadeira forma, que brilha com a luz brilhante de ouro da Ordem. Em mundos mágicos, o traje pode ser retirado sempre que quiser.
  • Sentidos Apurados: suas aptidões naturais são reforçadas, como sua habilidade como uma boa juiza de pessoas e situações, que permitem a ela ler pessoas e objetos em poucos segundos, e saber como eles vão agir e reagir. Com objetos, é capaz de entender como funcionam, mesmo que não possa operá-los todas as vezes com perfeição.
  • Vôo: ganha características físicas de aves, que são geralmente escondidas sob seu traje, essas características a permitem voar.
  • Agilidade Sobre-Humana: pode se esquivar por tempo indefinido, várias vezes e de diversas ações de uma vez.
  • Resistência Sobre-Humana: suporta níveis elevados de dor, além de ter Poder de Cura, que acelera sua melhora quando é ferida em batalha.
  • Brilho Concentrado: por causa de sua conexão com Terataya, em mundos mágicos seus poderes são reforçados, pode concentrar seu Esplendor em um feixe de luz cegante.


Treinamento: Tem combate corpo-a-corpo nível básico. Pretende aprimorar suas habilidades na ETE.

Vulnerabilidade: Rapina deixa Columba forte, por isso que, sem ele, ela enfraquece - da mesma forma que quando estão em desequilíbrio um com o outro.


  • VIDA

Graças à carreira governamental de sua mãe, Dawn Granger viajou o mundo desde cedo, aprendendo várias línguas e conhecendo diversas culturas. Enquanto vivia em Connecticut, sua irmã rebelde, Holly, vivia em Londres. Durante sua formação colegial, a família de Dawn fixou-se em Washington devido ao trabalho de seu pai nos Laboratórios S.T.A.R. A garota foi uma ótima estudante, demonstrando liderança e talento natural para organização e diplomacia.

Ao concluir o colegial, Dawn retornou à Europa para cursar a Universidade de Oxford, na Inglaterra. Neste período, sua mãe foi mantida como refém na Embaixada Americana por um grupo de terroristas. Desesperada, Dawn pediu ajuda e foi socorrida por uma misteriosa voz (Lordes do Caos e Ordem), que a orientaram a sussurrar o nome Columba para adquirir poder e controlar o caos com a ordem.
Dawn sabia sobre o Rapina e Columba, mas presumiu ser apenas outra Columba, como a Tropa dos Lanternas Verdes. Ficou chocada ao descobrir que o primeiro Columba morreu tentando salvar vidas durante uma missão, ao tentar salvar uma criança do desabamento de um prédio.

Convencida de que deveria se tornar a nova parceira de Rapina, Dawn retornou aos Estados Unidos. Ela deduziu que Rapina fosse Hank Hall, um estudante da Universidade de Georgetown, transferindo-se para lá. Ao se confrontar com a nova Columba, não a recebeu com flores, e sim com muita raiva - o que não é de se espantar, vindo dele. Ele não queria que seu irmão tivesse morrido, não queria ter outro parceiro e, principalmente, não queria que fosse ela. Mesmo assim, era necessário que ficassem e trabalhassem juntos, então Hank a tolerava. Apesar de ter ido atrás dele, Columba nunca quis ser parceira de ninguém. Ela acha que trabalhar com outra pessoa cria conflitos, e ela prefere ficar sozinha, solidão é paz. Mas os Deuses que deram a eles os seus poderes, os forçaram a ficar juntos, e sabe que é necessário que estejam em equilíbrio.

O primeiro grande perigo que enfrentaram foi quando Alexander Quirk decidiu que atacaria o Monumento a Washington. Juntos, Columba e Rapina evitaram que o monumento fosse destruído, mas Hank acusou a colega de não ter feito um bom trabalho.

Tiveram mais alguns encontros combatendo crimes menores até a noite que mudaria suas vidas: Rapina e Columba chegaram em Gotham City depois de perseguirem o vilão Arrasa Quarteirão desde o Smithsonian, quando tentava roubar o amuleto de Rá. Lá, eles tiveram um encontro com Robin, que prendeu Rapina ao achar que ele era algum criminoso, mas logo Columba explica a situação. Depois que Robin e mais tarde o próprio Cavaleiro das Trevas, Batman, explicam que o Arrasta Quarteirão estava trabalhando para a Necromante, os quatro heróis lutam juntos para evitar que os planos malignos dela se completem. Os defensores salvam o dia e Batman fica impressionado com a dupla de Washington, os elogiando pelo desempenho e dando um imenso discurso sobre eles terem que aprender a agir como parceiros, verdadeiramente.

Depois disso, Rapina tentou ser um pouco mais flexível e até procurou se aproximar e saber mais sobre a companheira, mas ainda tinha um grande bloqueio com Dawn, e sua falta de paciência o fez desistir dessa ideia logo. Entretanto, algumas semanas depois eles receberam um convite do próprio Batman para treinarem numa Estação Espacial destinada a super heróis jovens. Hank não queria no começo, mas foi convencido facilmente por Dawn.


  • TRAMA

Columba e Rapina são a ordem entre a Guerra e a Paz, e, para tanto, os dois precisam estar em sintonia, tanto um com o outro, quanto com eles mesmos. Depois da morte de Don, Hank não conseguiu aceitar Dawn como sua nova parceira e isso os desequilibra totalmente. Batman os mandou até a ETE para que treinassem e aprimorassem seus poderes e habilidades, mas também para encontrar um no outro o parceiro que precisam e merecem.

O Caos e a Ordem vem se confrontando a éons em batalhas cíclicas. A Ordem serve para dar sentido ao Caos; o Caos, para quebrar a monotonia da Ordem e é isso que acontece com os dois parceiros, aprender a lidar com isso e um com o outro, é o primeiro degrau que precisarão subir.


  • FAMÍLIA E RELACIONAMENTOS

Mãe: Maire Granger. É uma mulher bastante austera e não quer nada menos do que um perfeito comportamento de Dawn, já que desistiu de Holly, por seu temperamento extremamente agressivo.
Pai: Russ Granger, cientista.

Irmã: Holly Granger é a filha agressiva do casal Maire e Russ, e irmã mais nova de Dawn. São o oposto uma da outra, e nunca tiveram muito contato. Continua em Londres.

Parceiro: Hank Hall


  • ARQUI-INIMIGO

Alexander Quirk se auto-proclamou terrorista da ciência em um vídeo liberado em diversos websites, onde falava:

Nos últimos cem anos, a política americana tem sido um sistema de freios e contrapesos, mas não é mais!
Agora existem apenas dois partidos competindo pelo poder e o equilíbrio foi para bem longe! Como resultado, esse país está apodrecendo de dentro pra fora.
Com minhas armas, meus monstros de destruição em massa, nós arrancaremos essa podridão nós mesmos, queimaremos isso como um câncer!


Ele também alegava ter raptado um pequeno avião, e planejava atacar a capital dos Estados Unidos, Washington D.C., onde Rapina e Columba mantém sua base de operação, por isso foram os responsáveis em frustrar os planos de Quirk. Ele possuía uma espécie de criaturas-zombies fortes, que deram um pouco de trabalho para o Rapina, enquanto Columba tentava pousar o avião. Quando uma das criaturas atacou Dawn na cabine, ela o arremessou pra fora pela janela, fazendo o avião perder a pressão no local, ela então precisou sair e usar sua força e habilidade de vôo para estabilizar o avião, enquanto Hank pilotou o avião, que bateu de leve no monumento.

Depois do incidente, Quirk decidiu se vingar da dupla, agora pesquisa e tenta descobrir tudo o que pode deles.


  • APARÊNCIA

Tem 1,75 m e 57 kg, é magra, mas o corpo é bastante torneado. Não tem muito peito ou bunda, mas a cintura fina os deixa mais evidentes. Tem olhos azuis e cabelos loiros, repicados, um pouco abaixo dos ombros. A boca é carnuda e chama muita atenção.


  • UNIFORME

A transformação de Dawn para Columba é mais do que vestir um uniforme. Quando se sente em perigo, ela só precisa gritar Columba e se tornará o Avatar da Paz. Uma veste azul a cobre completamente, com alguns detalhes em branco do pescoço ao peito, com uma espécie de ombreira pontuda por cima dos ombros, que desce pelas costas em uma capa, como se fossem asas; além de um arabesco também pontudo e branco na região da barriga, luvas e botas. Uma máscara azul com grandes olhos brancos cobrem o rosto de Dawn, e seus cabelos ficam longos, como uma espécie de calda, e também se tornam brancos como as penas de uma Columba.

Quando deixa de estar em risco, pode voltar a sua forma humana. Dawn possuí fator de cura, que acelera sua melhora quando é ferida em batalha - mas se está gravemente machucada, não consegue voltar a sua forma normal.


  • PERSONALIDADE

Dawn é uma pessoa extremamente calma e pacífica, não é por menos que se tornou o Avatar da Paz. Fala baixo e de maneira contida, sempre pensa antes de agir e prefere mil vezes resolver as coisas dialogando, além de odiar ferir pessoas, por isso ficou devastada quando descobriu o que tinha acontecido com Don, o antigo Columba, irmão de Hank, por ter se culpado, e na realidade ainda se culpa até hoje.
Não perde a paciência nem com seu parceiro, por mais estourado que ele seja, e por mais que ele a odeie - provavelmente pela culpa que sente pelo o que houve com Don.
Mas se engana quem acha que Dawn não é capaz de se cuidar, na verdade, ela escolhe a forma pacífica, mas quando precisa, e isso acontece sempre que alguém que ela ama está em perigo, consegue ser uma super-heroína muito poderosa.



war and peace in my hand
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://supersuniverse.forumeiros.com/t49-granger-dawn#85
 
GRANGER, Dawn
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ZERO: Dawn of The Lunar Eclipse
» Os Filhos de Psique (por Hermes Granger)
» WEEK 3 [WW] Avril Lavigne - Coleção 2015 da Abbey Dawn
» Uma pequena ideia do cenário da guerra de Dawn Island(feito em video, no minecraft, pelo narrador herfesto o/ )

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: OFF :: Registros & Informações :: Registro de Personagens :: Fichas-
Ir para: